728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

VILHENENSE GANHA INDENIZAÇÃO DE R$ 8 MIL CONTRA A AZUL POR PASSAR NATAL EM AEROPORTO

No dia 24 de dezembro de 2018, o vilhenense Aislan Eduardo Kuzma, estava no aeroporto de Porto Velho quando foi informado pela Azul Linhas Aéreas que por causa de uma manutenção não programada em uma aeronave, seu voo para Brasília estava sendo cancelado.

Por causa desse cancelamento, Aislan deixou de passar o Natal com seus familiares que o aguardaram no aeroporto de Brasília, onde ele deveria chegar às 17h35. Ele foi realocado em outro vôo que partiu às 02h00 da manhã de Porto Velho, e só chegou em Brasília às 14h00 do dia 25, por causa de outras conexões.

A defesa da empresa alegou que realmente houve o atraso, mas forneceu o auxílio necessário ao reclamante, como alimentação e realocação em outro voo, e nessas condições não haveria dano moral algum.

De acordo com o magistrado Gilberto José Giannasi, do 1º Juizado Especial Cível, apesar da empresa insistir na incidência de força maior no caso, a manutenção não programada, se não é prevista, ao menos é previsível, e a Azul deveria ter um plano de contingência dado seu porte.

Na ação, que acabe recurso, a Azul foi condenada a pagar R$ 8 mil em danos morais no prazo de 15 dias para Aislan Kuzma.

Fonte: Vilhena Noticias

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades