728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

Prefeitura investe mais de R$ 300 milhões em obras de infraestrutura para a Capital

Num momento de forte crise e retração econômica, o investimento por parte do poder público em obras de infraestrutura sempre surge como uma das alternativas mais viáveis para a geração de emprego e a consequente circulação de renda. Essa percepção levou o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves a um árduo trabalho de resgate de dívidas históricas de mais de 30 anos com populações tradicionais da capital, ao mesmo tempo que tornou-se um insight para contornar, ou pelo menos amenizar a crise provocada pela falta de postos de trabalho.

Nesta sexta-feira (2) o prefeito conseguiu aprovar em Brasília o último de cinco projetos para asfaltamento, recapeamento, drenagem, calçadas, meio-fio e sarjetas, num total de R$ 85 milhões, oriundos da maior emenda de bancada já destinada a uma cidade brasileira. O valor original de emenda era de R$ 132 milhões, porém, mesmo com o contingenciamento de R$ 47 milhões pelo governo federal, ainda é a maior do país. O recorde anterior era de R$ 65 milhões para uma cidade do Rio Grande do Sul.

Somados aos R$ 85 milhões, a Prefeitura da capital vai investir outros R$ 15 milhões por meio de contrapartida, elevando o valor de investimento desses projetos para R$ 100 milhões. Além disso, recentemente a Câmara Municipal aprovou um pedido de empréstimo no valor de R$ 75 milhões para a construção de redes de drenagem, calçadas, meio-fio e compra de massa asfáltica.

Simultaneamente, a Prefeitura está investindo, desde o ano passado, outros R$ 35 milhões em asfalto e drenagem nos bairros Mariana e São Francisco. Para este ano o prefeito Hildon Chaves viabilizou ainda uma parceria com a Energia Santo Antônio, por meio da qual serão investidos mais R$ 30 milhões em infraestrutura básica e saúde para o distrito de Jacy-Paraná, por conta dos impactos da construção da usina hidrelétrica e outros R$ 38 milhões para a revitalização da Estrada de Ferro Madeira Mamoré.

Está em andamento ainda a retomada da obra do complexo da Escola Padrão, onde estão sendo investidos mais de R$ 5 milhões. Somados só esses recursos citados, os investimentos atingem a casa dos R$ 280 milhões, mas há, ainda outras obras em andamento como asfaltamento e drenagem nos bairros Flamboyant (zona leste), Cohab e Conceição (zona Sul) e a maior obra de infraestrutura da zona leste que é o canal de drenagem profunda da avenida Mamoré, formando um grande pacote de obras cujos investimentos superam a casa dos R$ 300 milhões.

A Prefeitura está preparando agora a licitação para as obras, fase que pelas expectativas do prefeito Hildon Chaves deve durar cerca de três a quatro meses. “O importante é que, graças a um trabalho articulado com nossa bancada federal atual e a anterior e mais nossa base de apoio na Câmara Municipal, superamos a parte mais difícil que é a liberação dos recursos e aprovação dos projetos”, comemora prefeito.

Entre outras obras, serão feitos 62 quilômetros de recapeamento em cerca de 34 ruas, redes de drenagem, asfaltamento e calçamento nos bairros Igarapé, Lagoa, prolongamento das avenidas Rio de Janeiro até o residencial Orgulho da Madeira e Calama, até o residencial Cristal da Calama.

“Estou muito feliz pelos resultados do nosso trabalho. A partir de agosto agora começamos efetivamente a construir uma nova história para Porto Velho. Vamos continuar avançando”, observou o prefeito, bastante otimista com relação ao futuro.

Fonte: RondoniaAgora

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades