728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

Polícia Militar encontrou o local após denúncia anônima. Um homem que estava na chácara foi preso, mas se recusou a passar informações.

A Polícia Militar de Vilhena localizou um “depósito subterrâneo” de drogas dentro de uma chácara nas imediações do conjunto habitacional União, na manhã dessa segunda-feira, 16 de março. De acordo com a polícia, uma denúncia anônima levou os policiais até a propriedade rural que funcionava como um local de armazenamento de entorpecentes. Um homem de 31 anos foi preso.

Segundo o 3º Batalhão da PM, os policiais obtiveram informações que em uma chácara aos fundos Residencial União um homem conhecido pelo apelido de “Renatão” teria enterrado porções de drogas. Os policiais foram até o endereço e conseguiram encontrar o local onde os entorpecentes estavam escondidos. Quase dois quilos de maconha e 80 gramas de crack e uma balança de precisão utilizada para pesar a droga foram desenterrados.

O dono da chácara, identificado pelas iniciais R.S.C. assumiu que a droga era dele, mas não quis informar de quem ele teria comprado. Durante a batida policial o suspeito revelou que não se preocupava com a prisão, pois “o advogado logo iria ‘desenrolar’ o lado dele”. O homem foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e levado para a carceragem da Unisp.