728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

HOMEM É PRESO AO TENTAR APLICAR GOLPE DO ENVELOPE VAZIO NA COMPRA DE CASA EM VILHENA

Um rapaz, de 20 anos, foi preso em flagrante na tarde de quinta-feira (1º) em Vilhena suspeito de aplicar golpe em três pessoas. Segundo a PM, Guilherme de Moura Melo, que é morador de Porto Velho, foi preso na área central da cidade quando negociava a aquisição de um imóvel usando uma velha prática, o golpe do envelope vazio. Antes, ele já havia feito duas vítimas, um taxista e uma vendedora de joias.

O crime aconteceu da seguinte forma, o golpista demonstrou o interesse em comprar a casa da vítima pelo valor de R$ 90 mil. Ele então ofereceu pagar à vista pelo imóvel através de um depósito bancário. Segundo a polícia, a vítima já havia feito em cartório um contrato para transferir a propriedade para o nome do estelionatário. O crime só não foi concretizado porque um policial, que é irmão da vítima, desconfiou que o rapaz tivesse tal quantia e alertou o consanguíneo. Guilherme de Moura foi preso em frente a uma casa de materiais de construção na Rua Quintino Cunha, Centro.

O golpista também foi denunciado por um taxista. O motorista alega que ficou de 8h da manhã até às 9h da noite, na quinta-feira (31), a serviço do golpista. O preço das corridas ficou em R$ 400,00. Para pagar, o estelionatário depositou R$ 800,00 na conta do taxista, porém, o envelope estava vazio.

Uma vendedora de joias também foi vítima do porto-velhense. Dela, ele comprou uma pulseira e uma corrente. Ele foi até o banco, fez um depósito sem colocar nenhum recurso dentro do envelope e obteve o comprovante do depósito, retornou para o local onde a vítima estava e mostrou o comprovante a ela e pegou as joias. O valor que envolvia o negócio não foi informado.

De acordo com informações da Polícia Militar, Guilherme foi encontrado com diversos papéis de banco. Ele foi levado para a Unidade Integrada de Segurança Pública para ser ouvido pelo delegado plantonista. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: VilhenaNoticias

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades