728 x 90
[lbg_audio8_html5_shoutcast settings_id="1"]

ESCOLA DE VILHENA SUSPENDE AULAS APÓS CONFIRMAÇÃO DE UM CASO SUSPEITO DO COVID-19 ENTRE OS ALUNOS

O paciente suspeito de estar infectado retornou com a família de viagem aos Estados Unidos da América. (Foto: Reprodução)

O Colégio Professor Vanks de Vilhena decidiu suspender suas atividades após a confirmação de um caso suspeito do novo coronavírus entre os alunos.

Comunicado sobre suspensão das atividades foi divulgado esta tarde de domingo, 15.

O comunicado foi divulgado por meio de nota oficial, por Vanks Palhano de Macedo diretor da instituição, no final da tarde deste domingo, 15 de março. Não há informação de quando as atividades serão retomadas.

Esta manhã em uma coletiva de imprensa convocada às pressas pela Prefeitura de Vilhena, foi confirmado o primeiro caso suspeito do novo coronavírus na cidade. Trata-se de um adolescente de 11 anos que veio do exterior com a família há cerca de uma semana e apresentou os sintomas relacionados ao COVID-19. O secretário municipal de Saúde, Afonso Emerick disse que todas as medidas estão sendo tomadas com base no fluxo elaborado pela Vigilância Epidemiológica Municipal e os protocolos do Ministério da Saúde.

O secretário confirmou que foi realizada coleta de material para a análise e encaminhado para o Lacen – Laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia –, em Porto Velho. Amostras do material também serão enviadas para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. O resultado deve sair em uma semana.

O paciente suspeito de estar infectado retornou com a família de uma viagem aos Estados Unidos da América. Além do jovem, a família também é monitorada.

EFEITOS

O caso suspeito não irá alterar, no momento, a rotina escolar da rede municipal. Segundo a secretária de Educação, Vivian Repsold as aulas serão mantidas. No entanto, ela afirma que esse panorama pode mudar nos próximos dias.

Para a titular da Semed (Secretaria Municipal de Educação), o ambiente escolar pode contribuir positivamente “com a ampliação de conscientização das pessoas” quanto aos cuidados para evitar a contaminação.

“Nós já estávamos em alerta desde os casos de meningite, surgidos recentemente. Temos álcool em gel em muitas delas e também vamos promover a disseminação das informações de alerta”, explica Vivian Repessold, secretária municipal de Educação.

O Hospital Regional de Vilhena (HRV) suspendeu por 30 dias as visitas na unidade. Os acompanhantes que forem necessários continuarão tendo acesso à unidade. Serão liberados telefones de contato das unidades de saúde para que a pessoas usem como canal para tirar dúvidas, sem precisar se aglomerar nos postos de saúde. (Veja contatos no final da matéria).

“Estamos recebendo muitas ligações e verificando todos os casos. São cinco páginas de questões a serem respondidas para classificar um caso como suspeito e estamos sendo rigorosos no controle disso. O momento é de alerta para cuidarmos individualmente de nossa higiene e saúde”, explica Afonso Emerick.

    • Telefones dos Postos de Saúde para sanar dúvidas sobre o covid-19:
      UBS Afonso Mansur 3321-5600
      UBS Carlos Mazala 3322-6512
      UBS Cristo Rei 3322-9666
      UBS São José 3321-1578
      UBS Industrial 3322-9321
      UBS João Luiz 3321-5816

Comentarios

os comentaio sao de sua problia responsabilidade *

Novidades